News
Loading...

Acompanhe nossa Série!

Música

Featured Post

1001 Discos para Ouvir Antes de Morrer

Olá queridos cyberfriends! Este é um novo e ambicioso projeto de música que vamos desenvolver aqui no Universo Alternativo, provavelmen...

Vida Alternativa | Para quem você vive?

Vida Alternativa | Para quem você vive?
A internet tem promovido algumas coisas muito boas para a nossa sociedade atual. O acesso à informação nos proporcionou novas formas de pensar, de ver diferentes possibilidades, novos contatos... Eu tenho visto atualmente muitas reportagens, vlogs e blogs sobre pessoas que vivem estilos de vida alternativos. Pessoas que decidem viver longe de meios tecnológicos e se vestem e vivem como se estivessem no século XIX, veganos, pessoas com um estilo de vida minimalista, ou que simplesmente decidiram viver totalmente imersa em seus sonhos ou fantasias.

Os estilos de vida são baseados em crenças, filosofias de vida, ideais políticos, arte, moda, literatura... Todos baseamos nossos estilos de vida em alguma coisa, dependendo daquilo em que acreditamos ou das nossas prioridades que temos. A nossa realidade vai se construindo de acordo com as nossas experiências de vida, nossas histórias e nossas inspirações. E claro que somado a isso há uma pressão social que nos molda a vivermos de uma determinada maneira de acordo com cada sociedade ou época histórica. Ir na contramão daquilo que nos é socialmente imposto é sempre uma rebeldia.

Nos anos de 1960 o estilo de vida hippie foi um grande movimento em oposição ao consumismo e à violência, especialmente numa sociedade pós-guerra, e trouxe a crença de que poderíamos viver com mais simplicidade e em conexão com a natureza. Atualmente podemos ver a mesma necessidade de uma vida simples latente em nossa sociedade e fazendo brotar algumas sementes no que as pessoas nomeiam de minimalismo, zero waste e tantos outros nomes. As ideias ainda são as mesmas: viver com menos coisas, não se deixar consumir pelo capitalismo, não causar mais danos ao meio ambiente e proteger o que ainda nos resta.


Os hippies e os minimalistas foram apenas um exemplo de como nosso estilo de vida pode ser diferente. Há muito o que podemos construir dentro da sociedade atual, há diversas possibilidades se pudermos ter um pouco de rebeldia, quebrar os padrões sociais e sermos nós mesmos. O contato com a moda alternativa me fez repensar o meu estilo de vida, desde muito jovem e tentar o máximo possível viver aquilo que eu acredito ou que eu acreditei em algum momento. Eu percebo que muitas pessoas desse universo também o fazem.

Eu acredito, fortemente, que os estilos de vida alternativos devem ser celebrados. Construa o seu castelo do Drácula, viva seu conto de fadas, eduque seus filhos para serem seres humanos amorosos e respeitosos e mostre ao mundo como é possível viver para além daquilo que é imposto. Lembre-se que você sempre pode trocar de roupa depois do trabalho e colocar a sua maquiagem gótica ou o seu vestido vitoriano, se assim desejar. Você não é o seu uniforme de trabalho ou só mais um número. Nós precisamos nos construir cada dia como a obra de arte que desejamos ser. É isso que eu acredito e defendo.

Para quem você vive? A sua vida tem se baseado naquilo que é imposto pela sociedade ou naquilo que você realmente acredita? Sendo alternativo ou não o meu desafio é que você responda a essas perguntas para si mesmo e coloque viver o seu sonho como uma prioridade na sua vida.

Levante essa bandeira. Viva o seu sonho. Seja alternativo.

Um comentário:

  1. Eu adorei o texto, Luana! E concordo totalmente, de que vale a gente viver a vida sempre de acordo com os valores de outras pessoas até mesmo os "de acordo social" sem sermos felizes?! Desde que não faça mal a nada, nem a ninguém, bora ser diferente, ser nós mesmos e ser felizes! ♥

    www.4sphyxi4.art.br

    ResponderExcluir

As opiniões expressas nos comentários não necessariamente refletem nossa opinião.